Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
24/04/14 às 10h55 - Atualizado em 29/10/18 às 10h42

Integra PGDF: Curso sobre contratação direta tem a participação de mais de 30 órgãos do GDF

 

 

Assessores Jurídicos de mais de 30 órgãos do GDF participaram do “I Integra – Curso para integração de procedimentos jurídicos”, que teve por tema “Contratação Direta”. O encontro, promovido pelo Centro de Estudos (Cetes), foi realizado nestas quarta e quinta-feiras, 22 e 23 de abril, no Auditório da PGDF.

A Procuradora-Geral do DF, Paola Aires Corrêa Lima, falou aos participantes sobre a intenção da Casa em promover encontros periódicos com os Assessores Jurídicos, de forma a manter um diálogo aberto e permanente entre a PGDF e os gestores públicos. Ela agradeceu a disponibilidade dos procuradores do DF Leandro Zanonni e Tatiana Muniz, que ministraram o curso, e destacou a conhecimento aprofundado de ambos sobre o assunto.

Para Leandro Zanonni, o aprendizado foi mútuo.  Ao destacar a importância do diálogo entre a Procuradoria e os assessores, ele ressaltou que “o Integra foi uma oportunidade não só de levar os posicionamentos da Procuradoria para outros órgãos do GDF, mas também permitiu a atualização da Casa”. Já para Tatiana Muniz, a estrutura do curso foi um ponto alto. “O interessante na minha opinião foi que o enfoque dado privilegiou os casos concretos. Quase não abordamos os conceitos, mas sim a teoria aplicada à realidade da Administração Pública”, declarou a Procuradora-Chefe da PROESP.

Andréa de Albuquerque Nobre, Assessora Jurídica da PGDF, foi uma das servidoras que participou do curso. “Apesar de lidarmos diariamente com matérias da Procad, o Integra complementou e aprofundou o que vemos nos pareceres”, declarou a servidora. O advogado Anderson Félix, do Corpo de Bombeiros, ressaltou o intercâmbio de conhecimentos entre os participantes. Ele afirmou que a iniciativa do Integra será uma inspiração para promover algo semelhante em sua corporação. Satisfeito, Félix asseverou que “o curso foi, de fato, uma integração necessária, porém bastante rara na Administração Pública.”